o manifesto do desempregado

A cada dia que passa, tenho menos amigos desempregados, e todos eles me questionam sobre quando é que finalmente eu vou me mexer para arranjar um emprego, e por fim, eles sempre ouvem a mesma resposta: – Não sei.

A verdade é que eu me considero um excelente desempregado, e talvez você queira saber o que me torna um inútil útil. Pois bem, todos os dias eu busco aprender e agregar algo novo à minha simples vida, desde tocar um instrumento musical, até exercitar meu corpo, e ao contrário de muitos que passam por tais processos de aprendizado, eu os faço por prazer, como uma forma de celebrar essa vida que alguém me deu.

Conheço algumas pessoas que também levam uma rotina parecida com o minha, porém quando analisamos de perto, vemos a diferença na natureza de nossos atos. Por exemplo, Rafael não aprende a cozinhar porque gosta, e sim porque um dia vai morar sozinho e terá de se virar; Vitor não faz exercícios porque curte, ele quer é estar mais apresentável para as meninas; ou então o caso de Natália, que não toca violão porque um dia acordou com esse desejo, foi sua mãe que a obrigou a fazer algum curso na infância.

Aliás, até existem pessoas que vivem como eu, e ainda recebem por isso! Eis que então aparece alguém com a frase: “Poxa, é possível trabalhar com aquilo que você gosta”. Só que este sempre se esquece que estamos no século XXI, onde a maior parte dos empregadores exige um diploma e então, usa filtros em suas seleções que fazem com que os perfis que não se encaixem nos seus pré-requisitos sejam sumariamente descartados sem chance “daquela pensada no seu caso”.

Logo, muito me arrependo do infeliz instante em que eu marquei a opção “Publicidade e Marketing” na folha de inscrição para o vestibular. Se ao menos eu estivesse em Donnie Darko, quem sabe eu poderia mudar isso, mas agora é tarde. Mensalidades existem, e o tempo passa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: