Queime Depois de Ler (Burn After Reading, 2008), Irmãos Coen – Com Spoilers

Já sou fã dos irmãos Coen já faz algum tempo, devo ter visto todos os filmes deles (ou quase), o que me faz suspeito para falar, mas escreverei a respeito do novo filme de qualquer maneira.

‘Queime Depois de Ler’ (Burn After Reading, 2008) é mais uma comédia de erros, assim como seus filmes anteriores como ‘O Grande Lebowski’ ou ‘E Aí Meu Irmão, Cadê Você?’, onde existem diversos personagens que acabam se encontrando ao longo do desenvolvimento da trama.

Uma dessas personagens é Linda Litzke, interpretada por Frances McDormand, uma personal trainer que cisma em que seu corpo já está velho e desgastado, e acaba resolvendo fazer de tudo para conseguir suas cirurgias plásticas. E um outro é Chad, interpretado por Brad Pitt, um dos colegas de trabalho dela, que um dia acaba encontrando um CD em um dos armários da academia e após uma breve análise conclui que o material pertence ao serviço secreto americano. A partir da descoberta, o casal de amigos passa a chantagear o dono do tal CD, Osbourne Cox (John Malkovich), exigindo uma recompensa pela devolução.

O longa-metragem gira em torno da aventura da chantagem, envolvendo vários outros personagens, enquanto tudo é monitorado pela CIA.

Durante vários diálogos e seqüências, como o início e o fim do filme em que vemos uma espécie de foto de satélite se aproximando e também se afastando, ou em que um dos personagens comenta: “Hoje em dia, eles podem saber tudo sobre você e por onde você passou apenas pelo sinal do seu celular”, é possível perceber a crítica por trás de toda essa maluquice.

Talvez eu esteja viajando no lisérgico, mas para quem viu documentários como Zeitgeist (pode ser visto gratuitamente em: http://www.zeitgeistmovie.com/), ou leu ‘Admirável Mundo Novo’, ‘1984’, ‘Laranja Mecânica’, a mensagem evidente do filme é que realmente essas obras estão a se tornar realidade (se é que já não são), mas ele aborda o assunto num tom otimista. O quero dizer é que, apesar de cada vez mais estarmos sujeitos à observação dos nossos governos ou de qualquer um, nossas ações continuam sendo imprevisíveis, ou até incompreensíveis quando enfiamos algo em nossas cabeças. Fato observado nos diálogos entre os dois agentes da CIA em vários momentos e no fato de que Linda consegue suas cirurgias mesmo após tantas desgraças.

Outro ponto abordado é que nossas vidas individuais também não importam para os gigantes, pois não fazem a mínima diferença, e isso é refletido nas atitudes dos agentes em relação ao fim de Chad.

Enfim, um ótimo filme que acaba divertindo ao mesmo tempo que faz você refletir.

Nota 4/5

Tags:

Uma resposta to “Queime Depois de Ler (Burn After Reading, 2008), Irmãos Coen – Com Spoilers”

  1. Kanaet Says:

    Vi, gosto muito de ler seu blog ! muito bom !!
    Veja, “No tempo das diligências ” do John Ford, filmaço ! com Peter Fonda e John Wayne. Preconceitos à parte os gays deliram com as tomadas inesquecíveis das aparições de John Wayne, fora o forte cunho moral do enredo. |Outro muito bom é o Sergio LEone com “Era uma vez no Oeste”, inluenciou fortemente Kurosawa no YOjimbo(imperdível western no tempo dos samurais !!)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: